Engenharia Ambiental- Guia de Profissoes - Emprega São José

Engenharia Ambiental- Guia de Profissoes

O engenheiro ambiental atua na preservação e na recuperação da qualidade ambiental da água, do ar e do solo a partir do diagnóstico, manejo, tratamento e controle de ambientes urbanos e rurais. Suas funções incluem investigação, ava­liação, projeto, implantação e monitoramento de sistemas de produção ambientalmente corretos, por meio do desenvolvimento de processos e equipamentos menos poluentes.

Também compete a este profissional projetar e dimensionar processos de tratamento de poluentes dos meios líquido, sólido e gasoso, bem como aplicar técnicas para recuperar áreas degra­dadas, monitorar processos e atividades que interferem no ambiente e elaborar estudos de
 impacto ambiental (EIA-RIMA) para o licenciamento de empresas junto aos órgãos ambientais.

O engenheiro ambiental pode, ainda, elaborar propostas alternativas para a utilização racional de recursos naturais. É ele quem vai atuar nos processos de cer­tifi­cação ambiental, a série ISO 14000.

Diante desse cenário tão variado, é de se imaginar que o mercado de trabalho esteja bastante promissor para os profis­sionais desta área. A formação multi­dis­­ci­plinar, proporcionada por uma grade cur­ricular composta de Exatas e Biológicas, permite ao aluno o desenvolvimento de ha­bi­lidades e competências em diversas áreas relacionadas ao meio ambiente.

O engenheiro ambiental pode diagnosticar problemas, propor soluções, participar da elaboração de projetos ambientais e acompanhar a implantação e o funcionamento dos sistemas e equipamentos destinados à minimização dos impactos e das dificuldades no setor. O mercado procura aqueles que busquem justamente introduzir fatores de equilíbrio ambiental. Isso ocorre em obras civis, no desenvolvimento de processos industriais e no planejamento de áreas urbanas e rurais.

As oportunidades de trabalho podem estar em centros de pesquisa, órgãos executores de gerenciamento e controle ambiental, organizações não-gover­namen­tais (ONGs), agências reguladoras de água, energia elétrica e vigilância sanitária, universidades e departamentos de controle da poluição de empresas privadas e públicas. Empresas de consultoria e instituições encarregadas da definição de políticas públicas ambientais também são potenciais empregadores.

De modo geral, o que o mercado busca, além de competência técnica, são pessoas criativas, curiosas, com boa cultura humanista, habilidade para comunicar ideias e rapidez de raciocínio. Essas características pessoais dentro do perfil profissional desejado podem facilitar uma rápida inserção no mercado de trabalho.

A Engenharia Ambiental é regulamentada no Brasil, desde 2000, pela Resolução 447 do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.


São José dos Campos | | ID VAGA: 132 | Relatar Abuso/Erro

Encerrando a vaga...